Visita na cidade de Sumaré

por Juliano Ribeiro

 

Recursos hídricos

No dia 08 de junho, a equipe de educadores do Cecapas – Nova Veneza, realizou visitas aos sistemas hídricos do município de Sumaré, com objetivo de fazer registros audiovisuais das águas que os munícipes utilizam em seu dia a dia. Sabemos que as águas que abastecem 30% do município de Sumaré vem das Represas Marcelo Pedroni, Horto I e Horto II. O restante do município é abastecido pela água captada do Rio Atibaia.

 

Represa Marcelo Pedroni

A represa do Marcelo como é conhecida, foi construída e mantida por décadas por Marcelo Pedroni, que numa iniciativa particular direcionou a água para o abastecimento do município. Ao lado ele construiu um engenho de aguardente de cana, que existiu até o final dos anos 70.

A represa foi reformada em 2005 e possui estacionamento, banheiro, área para lazer e pesca. Arborizada, recebia antes da Pandemia, aos finais de semana aproximadamente mil pessoas. Porém devido a pandemia do novo coronavírus, o local está interditado para visitações. Durante os registros audiovisuais percebemos que o nível da represa está baixo, sinal de alerta para a população.

Ao lado desse local fica o Centro de Lazer “Benedito de Mattos”, o Recanto dos Animais ‘Henrique Pedroni”, o Casarão da Fazenda Sertãozinho, no Parque da Floresta (construído na metade do século XlX), o acampamento Batista e a Fazenda da Rocha (Fazenda Vaughan).

 

Represa Marcelo Pedroni
Rua da Represa Marcelo Pedroni, s/nº
Horário de Funcionamento: das 7:00 às 22:00
19 3903-2431

 

Horto Florestal

Visitamos o parque Horto Florestal de Sumaré, que está localizado na rodovia Teodor Cindiev, que liga Sumaré a Hortolândia. Nesse local é mantido o Viveiro Municipal de Plantas e Mudas. No Horto está localizada a principal represa utilizada para o abastecimento de água do Município. Pelas marcas nas de água nas barragens percebemos que o nível está longe de sua normalidade, podendo afetar o abastecimento nesse período sem chuvas.

O casarão do Horto Florestal está em processo de tombamento pelo Conselho do Patrimônio Histórico do Município. É uma construção original, do inicio do século passado, que servia de moradia e administração do Horto Florestal, mantido e administrado pela Companhia Paulista de Estradas de Ferro. O local fornecia madeira de eucalipto, que era utilizada como dormentes na linha férrea.

Estruturas Físicas: CRASS Horto Florestal: PETI (Projeto de Erradicação do Trabalho Infantil); Pista de Mountain Bike; Fragmento florestal com trilha ecológica: com uma rica diversidade de fauna e flora, além de características de ecossistema semelhante a mata atlântica, com muitas bromélias, orquídeas, briófitas, etc; áreas de reflorestamentos; área de plantio agro florestal (agro floresta); bosques de eucaliptos; áreas de regeneração de mata com características de ecossistema tipo cerrado, com espécies típicas como o “pequi” (caryocar brasiliense). Assentamento da Reforma Agraria (assentamentos modelos, os primeiros do Brasil); estradas rurais com grande extensão para praticas esportivas como caminhadas, ciclismo, etc.

 

Horto Florestal
Estrada Municipal Teodor Cundiev – Horto Florestal
Funcionamento: Conforme agendamentos.
19 3903-2431 (Secretaria de Meio Ambiente de Sumaré)

 

Ribeirão Jacuba e Ribeirão Quilombo

Saindo do Horto Florestal, visitamos a Ocupação Três pontes. O local existe há 30 anos, onde moradores vivem a triste realidade de condições precárias de moradia e saneamento.

Registramos o Ribeirão Jacuba, rio que vem do Município de Hortolândia e desagua no Ribeirão Quilombo. Segundo relatos de moradores, a comunidade sofre com enchentes anuais, perdendo todos seus moveis, roupas e suprimentos.

Na altura do Jd. Primavera, realizamos registros audiovisuais no Ribeirão Quilombo. O rio nasce no Município de Campinas, passando por Paulínia, Sumaré Nova Odessa e terminando no Rio Piracicaba em Americana. Atualmente está com águas altamente poluídas devido a despejos de esgotos domésticos e industriais, principalmente nas cidades de Hortolândia, Nova Odessa e Sumaré. Segundo relatos de moradores o odor do rio é insuportável, principalmente em períodos sem chuva, ou fator é falta de manutenção das passarelas ligando o Jd. Primavera e o Jd. São Domingos.

Durante a temporada de chuva, o Jd. Primavera e Jd. São Domingos são atingidos frequentemente pelas enchentes.

 

 

Plantação de Girassóis

Tendo em vista que Sumaré tem uma vasta área rural, visitamos a Plantação de Girassóis, que nos últimos anos se tornou ponto turístico do Município de Sumaré, devida beleza das flores e pela revoada das maitacas. A plantação está localizada após o Jd. Macarenko, sentido bairro Cruzeiro.

 

 

Os registros audiovisuais serão disponibilizados através das Revistinhas do Cecapas ll e encaminhados via WhatsApp para educandos e famílias.

 

Atividades Remotas no Cecapas Nova Veneza

por Bianca Pereira

O Cecapas Nova Veneza tem buscado alternativas para continuar o atendimento com as os educandos e suas famílias mesmo sem a presença dos mesmos no espaço físico do Serviço. Para isso, nos propusemos a realizar atividades quinzenais que vão acompanhadas de uma revistinha personalizada do Cecapas. Nela temos a oportunidade de manter um diálogo com as famílias de forma leve e descontraída, também é nosso canal informativo e onde propomos qual será a atividade daquela quinzena, contextualizada com o tema abordado.
Já estamos indo para a nossa 5ª edição e gostaríamos de compartilhar com vocês o que temos trabalhado.

 

acesse nova revistinha em PDF no link abaixo

Revistinhas 

18 de Maio – CECAPAS Fazendo Bonito

por Juliano Ribeiro

 

18 de maio – Dia Nacional de Combate ao Abuso e a Exploração Sexual e Crianças e Adolescentes

 

No dia 17 de maio, foi realizado um encontro virtual com as crianças e adolescentes, através da plataforma google meet, o convite para a participação foi estendido a rede de Serviços de Convivência e Fortalecimento de vínculos do Município de Sumaré. O encontro foi mediado pela nossa convidada especial Sandra Olivetti Mattiello, psicóloga, especialista em violência doméstica contra crianças e adolescentes pelo LACRI/USP. O intuito do encontro foi refletir e orientar de forma descontraída os participantes sobre os tipos de violências contra crianças e adolescentes.

O segundo dia de atividades em relação ao tema “18 de Maio – Dia Nacional Combate ao Abuso e Exploração de Crianças e Adolescentes” foi marcado por dois momentos importantes: a equipe Cecapas realizou uma intervenção com distribuição de folhetos informativos nas dependências do antigo Seminário – hoje atual Centro Administrativo de Nova Veneza. O objetivo da atividade foi convocar cada transeunte a refletir sobre o tema e assumir a responsabilidade sobre nossas crianças e adolescentes.

Na noite do dia 18 de maio, a equipe realizou a live “Cecapas Fazendo Bonito”, recebendo a convidada Sandra Olivetti Mattiello. A proposta foi conscientizar as famílias e população, sobre as violências contra crianças e adolescentes. Sandra abordou o tema com muita precisão e também respondeu perguntas feitas pelo chat.

A gravação da Live pode ser acessada através do nosso canal do Youtube:

 

Toda criança ou adolescente tem direitos legais e proteção plena. A garantia está na lei, mas a aplicação e a efetividade dependem nós adultos que criamos, participamos ou executamos as politicas públicas.

                                                                                           – Valmario Silva

 

Dia das Mães em Nova Veneza

por Paula Lopes

No dia 6 de Maio de 2021, realizamos no CECAPAS Nova Veneza a entrega de bolos para as mães e responsáveis dos nossos educandos. Foi uma troca afetiva muito gostosa, com muitas risadas e aquele abraço de longe por causa da Covid – mas querendo estar bem pertinho!

Mãe é o termo usado para designar um coração que ama infinitamente. O abraço que é casa, o beijo que cura. É aquela que nos deu [à luz] amor!

 

Feliz dia de quem cuida de mim, mãe!

                

18 de Maio – Dia Nacional de Combate ao Abuso e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

por Paula Lopes e Bianca Pereira

 

O dia 18 de Maio é o Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, fazendo alusão ao dia em que Araceli, uma menina de apenas 8 anos, foi raptada, morta e carbonizada, no Espírito Santo em 1973. Após 48 anos, sociedade e Estado continuam na luta para a defesa das crianças e adolescentes. Com o slogan “Faça Bonito” as campanhas, principalmente na pandemia de Corona vírus, são cruciais.

Proteja nossas crianças e adolescentes! Havendo alguma suspeita, Disque 100! É gratuito, funciona todos os dias da semana 24 horas.

 

  • No vídeo a seguir, a educadora Paula conta uma história para os nossos pequenos: Não me toca, seu boboca! De Andrea Viviana Taubman.

 

Páscoa

por Irmã Nádia Maciel.

A Páscoa nos lembra passagem. Uma forte experiência de êxodo vivida pelo povo de Deus que celebra a passagem da escravidão para a liberdade. Também nós somos convocadas a fazermos essa experiência: passagem da escravidão para a liberdade, do individualismo para a solidariedade, do comodismo para a militância, da morte para a vida, para que possamos fazer de nossa vida uma páscoa contínua.
Na Páscoa celebramos o grande acontecimento da história: a ressurreição de Jesus. A vida venceu a morte!!! A vida precisa prevalecer sobre a morte enquanto lutamos contra todas as formas de violência, de exploração, de injustiça que, dolorosamente, persistem em nosso mundo, dominam, escravizam e degradam nossa condição humana.

A Páscoa nos convida a mover a nossa luta pela vida, dom maior de Deus. Viver a ressurreição em nosso coração cheio de esperança, em nossa solidariedade, em nossa capacidade de enxergar o próximo, em especial os mais pobres, os enfermos, as vítimas do corona vírus, as crianças, jovens, idosos e mais vulneráveis.
Tempo de sonhar e lutar por vida nova.

Feliz Páscoa!!!

Dia da Mulher

Por Bianca Pereira e Paula Lopes.

 

O dia internacional da mulher é mais que um dia para lembrarmos de cada mulher especial da nossa vida.
Neste ano de 2021 especialmente, o 8 de março veio para refletirmos o quanto a pandemia aumentou o índice de violência contra mulher. Em contato com a Delegacia da Mulher do Município de Sumaré, tivemos acesso a números que falam muito sobre o quanto precisamos nos abrir ao diálogo neste dia e ouvir a mulher que não é definida por sua carne, por sua casa ou homem algum.
E foi com a música “Triste, louca ou má” de Francisco, el Hombre, que o Serviço elaborou um vídeo com imagens tão significativas de dentro do espaço, mas que revelam um sentimento de ternura ao lembrar de todas as mulheres, em especial a todas as mulheres das famílias do Cecapas Sumaré, cujo nome foi falado ao final do vídeo em lembrança a luta delas e de todas.

 

Capacitação da Equipe Cecapas 2 – Nova Veneza

Por Bianca Pereira

Realizada nos dias 17 a 19 de fevereiro a capacitação da equipe do Cecapas II. Contamos com a participação do Diretor da Unidade II, o Frei Marinaldo Caetano de Jesus, a Consultora Vanda Ribeiro Monteiro e o artista Renato Caetano.

Foi realizada Oficina com o profissional Renato Caetano, denominada “O toque que se sente toque”, no qual discutimos a importância da expressão através do corpo, o estar presente e perceber o outro.

Também foi feito estudo, discussão e análise da Pedagogia do Oprimido de Freire, cujo objetivo era trazer a teoria educação libertadora para o dia a dia. Foi possível pensar em uma Educação dialógica para o Serviço, observar o que já estava sendo realizado e fazer ligação com o tema proposto para as atividades deste ano.

Nos estudos também foi retomado e importância das Políticas Públicas bem como a compreensão da mesma. Também se desmistificou a definição do serviço assistencial e pode-se compreender a PNAS – Política Nacional de Assistência Social e o papel do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos – SCFV e como acontece a articulação entre eles. A discussão foi possível através da dinâmica do “Word Café”.

Pudemos repensar as práticas socioeducativas a partir da troca com Beatriz Ribeiro Machado em palestra com o tema “Criando o futuro que queremos”, no qual nos foi trazido experiências dentro do Serviço socioeducacional e discussão sobre “por que fazemos o que fazemos”, além da formação de cidadão para o exercício dentro da participação na vida pública.

Contextualizando o momento de pandemia e o cuidado com a casa comum, dentro de um colapso ambiental e as ações sociais, nos foi apresentado e posteriormente discutido a Live de Moema Miranda intitulada “Panorama Socioeconômico Ambiental”.

Colocando em prática os temas abordados durante a formação, foi proposto que se construísse um projeto transversal, interdisciplinar que contemplasse a participação na vida pública e que estimule nos educandos e suas famílias a criticidade.

No dia 01 de março foi feita a apresentação do Planejamento anual feito por todos os colaboradores. A partir da apresentação, alinhou-se o planejamento com o projeto de participação na vida pública, podendo desenvolve-lo com maior propriedade.

Apresentação dos trabalhos do Cecapas II- Nova Veneza/Sumaré

Por Nádia Maciel

 

O terceiro dia de formação para os colaboradores do Cecapas realizado no dia 03/08/2020 iniciou-se com essa motivação:
“Ser amor (pra quem anseia)
Solidão (de casa cheia)
Dar a voz (que incendeia)
Ter um bom motivo para acreditar
Mais bonito não há
Pode acreditar
Mais bonito não há”.
O momento de espiritualidade realizado, nos ajudou a pensar o quanto podemos nos engajar na construção de um mundo melhor e apostar nas mil razões para acreditar na vida e no ser humano.
Foi possível a partilha do trabalho pensado para o ano e 2020 feito por todas as equipes: educadores, faxina, administrativo, manutenção, jardinagem e cozinha. Sabemos que o tempo da pandemia desconfigurou o que foi planejado, porém busca-se formas criativas e afetivas de aproximação com a famílias e educandos. Um destaque das atividades neste tempo da pandemia são as rodas de conversas que vem sendo realizadas todas as sextas feiras e a programação da Radio web- Radio X.

O ponto comum de todas as apresentações feita pelos colaboradores é a preparação da equipe para o retorno pós pandemia com todos os cuidados e ajustes necessários para um retorno seguro e de acordo com as orientações de saúde e sanitárias. Foi salientado também as 5 linguagens do amor no trabalho socioeducativo., atitudes necessárias e simples que transforma pessoas e seus espaços.

Colaboradores do CECAPAS discutem sobre a importância do trabalho em equipe

Por Fábio Oliveira

Na sexta-feira(31/08/2020), a PROCASP promoveu um encontro(virtual) dos seus colaborares com o Palestrante Rodnei Balbinot. No encontro foi tratado um assunto primordial para o desenvolvimento da empresa que é o trabalho em equipe. O bate papo que teve duração de duas horas, acrescentou diversidade para todos os setores.

Mas qual a importância do trabalho em equipe?

O trabalho em equipe é essencial para a obtenção de bons resultados em qualquer organização. Estimular a comunicação e o bom relacionamento entre os colaboradores pode fazer toda a diferença em uma empresa.

Obtenção de resultados, realização de objetivos, relação interpessoal construtiva e sucesso são algumas das vantagens em trabalhar em equipe. As empresas no mercado atual buscam, cada vez mais, um perfil profissional que saiba gerenciar essa habilidade.

Pessoas que conseguem manejar o trabalho em equipe apresentam um alto nível de satisfação e ajudam na obtenção de resultados. O trabalho em equipe harmonioso resulta em maior rapidez e eficiência no ambiente corporativo.

Rodnei Balbinot  nasceu no município de Descanso, Santa Catarina, em 2 de junho de 1973. Graduou-se em Filosofia pela Fundação Educacional de Brusque (FEBE), Santa Catarina. Cursou Teologia no Instituto de Teologia e Pastoral (ITEPA), em Passo Fundo, Rio Grande do Sul. Na Universidade de Passo Fundo (UPF) fez mestrado em Educação, na linha de pesquisa Fundamentos de Educação. O presente texto é resultado dessa pesquisa. Atualmente é professor de Filosofia da Educação na UPF e diretor do Instituto de Teologia e Pastoral